Symantec terá de devolver 10 milhões de dólares de licenças compradas

Caros leitores, alguns de vocês já sabem o que eu penso sobre o antivírus da symantec: o Norton, para os que não sabem, eu resumo, o Norton é quase igual a um vírus e sobrecarrega o computador de uma forma que mais atrapalha do que resolve.

Se você tem uma versão mais "light" do Norton que veio junto com o seu computador, talvez ache bom, mas fique atento, pois essa versão te dá uma falsa segurança.

Vamos a mais uma escorregada da Symantec.

A Symantec terá que devolver aproximadamente 10 milhões de dólares aos seus clientes que adquiriram licenças dos seus produtos através da Internet, pois estas foram ativadas no momento da compra e não momento em que foram usadas pela primeira vez.

O problema é tão sério quanto grave, pois estima-se que chegue a afetar quase metade do total de clientes da empresa, tendo sido este erro já reconhecido pela própria Symantec. A base desta situação prende-se com duas situações diferentes: a adquisição de uma licença é uma coisa e a ativação da mesma é outra e não é obrigatório que aconteça ao mesmo tempo.

Toda esta situação chega através de uma queixa de um usuário que resultou numa multa de 375.000 dólares onde este alegava que a Symantec tinha renovado a licença diretamente, sem notificação.

Para quem não sabe a multinacional Symantec apresenta lucros que ascendem a mais de 1.4 bilhões de dólares e este caso pode ser um revés, pois levanta a questão da legalidade sobre a renovação automática, podendo ser esta considerada abusiva.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tutorial Remover e Proteger dos Vírus RECYCLER e AUTORUN.INF

Tutorial Exportar Emails do Thunderbird para Outlook ou Outlook Express

Como Medir o Tamanho da Tela do Computador?